Agricultores de Brumadinho contam com assistência técnica e gerencial para recomeçar

Programa tem previsão de dois anos de duração
Da Redação / Ecológico - redacao@souecologico.com
Brumadinho
Publicado em: 24/01/2020

A tragédia de Brumadinho completa um ano neste sábado (25). E para grande parte dos produtores rurais da região, a situação é ainda muito difícil. Além das perdas causadas pelo rompimento da barragem em áreas produtivas, equipamentos, animais e lavouras, ainda hoje eles enfrentam muitas dificuldades para produzir e, principalmente, para comercializar a produção, frequentemente rotulada como contaminada nos centros de venda.

Para apoiar a reorganização da atividade agropecuária de Brumadinho e região, o SISTEMA FAEMG/SENAR MINAS está acompanhando 480 famílias rurais pelo programa Assistência Técnica e Gerencial (ATeG). Os técnicos visitam todas as propriedades, orientando desde o plantio à gestão financeira como melhorar a produtividade e a renda na atividade. O programa tem previsão de dois anos de duração.

Divulgação/Vale
Divulgação/Vale

No início da tarde de 25 de janeiro de 2019, a Barragem 1 da Mina do Córrego do Feijão, da Vale, em Brumadinho, na Região Metropolitana de BH, rompeu-se. De acordo com a Defesa Civil, a tragédia matou 259 pessoas, deixou outras 11 desaparecidas e arrasou a cidade.

Fonte: SENAR MINAS


Postar comentário