Aliança internacional pela Amazônia começa com 500 milhões de dólares

Governadores dos estados amazônicos estavam interessados na aliança e escolheram o governador do Amapá, Waldez Góes, para representá-los
Da Redação / Ecológico - redacao@souecologico.com
Política Ambiental
Publicado em: 24/09/2019

França, Chile, Colômbia e Bolívia anunciaram uma aliança para proteger a Floresta Amazônica que, já na largada, terá o suporte de US$ 500 milhões vindos do Banco Mundial, do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e da Conservation International. O presidente francês, Emmanuel Macron, chegou a dizer que “todo mundo queria trabalhar com o Brasil”, mas lamentou que o governo brasileiro não mandou nenhum representante para a primeira reunião.

Os governadores dos estados amazônicos estavam interessados na aliança e escolheram o governador do Amapá, Waldez Góes, para representá-los. O Itamaraty intercedeu e bloqueou a participação de Góes.

Divulgação/Greenpeace
Divulgação/Greenpeace

O ministro Ricardo Salles, que não se manifestou até o momento sobre a ausência do Brasil no encontro, apenas comentou sobre o anúncio da nova verba: “É por semana ou por mês que irão pagar isso?”.

Fonte: Climainfo


Postar comentário