Após críticas sobre desmatamento, Ministro do Meio Ambiente cancela viagem à Europa

Da Redação / Ecológico - redacao@souecologico.com
Política Ambiental
Publicado em: 06/05/2019

Ricardo Salles, Ministro do Meio Ambiente, cancelou a viagem que faria nesta semana para a Europa. Ele visitaria países como França, Alemanha, Inglaterra e Noruega. O motivo foi a repercussão da carta publicada na revista Science, na qual mais de 600 cientistas pediram à União Europeia o condicionamento do comércio com o Brasil à boa gestão do meio ambiente.

Reprodução/Twitter Ricardo Salles MMA
Reprodução/Twitter Ricardo Salles MMA

A agenda começaria nesta segunda-feira (6) em Paris, passaria por Oslo, na Noruega, Berlim e Londres. De lá, Salles voaria no dia 13 até Nova Iorque para assistir à entrega do prêmio 'personalidade do ano' ao presidente Jair Bolsonaro.

Segundo a programação do ministério obtida pelo blog, intitulada "roadshow europeu", Salles encontraria os ministros do meio ambiente da Noruega e da Alemanha e cederia entrevistas a "jornalistas selecionados pelo MMA", incluindo uma gravação do programa Hard Talk, da BBC.

Bolsonaro também cancelou a viagem marcada para a malfadada homenagem que a Câmara de Comércio Brasil-EUA lhe ofereceria em Nova Iorque. O motivo, segundo seu porta-voz, “ficou caracterizada a ideologização da atividade”.

Estes dois cancelamentos explicitam o que já se percebia na imprensa e no mundo dos negócios internacionais: o governo Bolsonaro não tem apoio do capital externo, que não virá para o Brasil. A reforma da previdência, alardeada como marco para a retomada dos investimentos internacionais, é irrelevante.

Fonte: Infoclima


Postar comentário