Bituca não é adubo! Além de prejudicial à saúde, cigarro é um dos vilões do meio ambiente

Segundo a OMS, 12,3 bilhões de bitucas são descartadas diariamente
Matheus Muratori - redacao@souecologico.com
Meio Ambiente
Publicado em: 09/05/2019

Não é necessário andar por muitos quarteirões para perceber uma bituca de cigarro escondida nos cantos das calçadas ou no pé das árvores. É comum encontrar fumantes que, ao terminar de consumir o cigarro, descartam incorretamente o que sobra do tabaco. O risco ambiental desse ato é enorme.

Existem cerca de 1,6 bilhão de fumantes no mundo (Foto: Pixabay)
Existem cerca de 1,6 bilhão de fumantes no mundo (Foto: Pixabay)

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), existem cerca de 1,6 bilhão de fumantes no mundo. Segundo a Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT), cada um consome uma média de 7,7 de cigarros por dia. Na matemática simples, isso gera 12,3 bilhões de bitucas descartadas diariamente.

Quando comparada a outros resíduos, a bituca de cigarro pode aparentar não causar muitos danos. Entretanto, o tempo de decomposição do restante do tabaco no asfalto pode chegar a até cinco anos.

Além disso, o cigarro contém mais de 4,7 mil substâncias tóxicas. Isso prejudica o solo e contamina rios e córregos. O tempo de decomposição se justifica pelo fato de que 95% dos filtros de cigarros são compostos de acetato de celulose, de difícil degradação.

Além disso, o restante do tabaco pode ser um causador de incêndios em um período de seca. Sem contar o fato de que o cigarro, que promove o desmatamento em sua produção, é um dos principais vilões da saúde humana. Ele agrava doenças respiratórias, aumenta o risco de câncer de pulmão e diminui a vontade de praticar exercícios físicos.

Caso parar de fumar ainda não seja uma opção para você (mesmo sabendo que esse ato é melhor para o meio ambiente e sua saúde), descarte-o corretamente. Segure a bituca até encontrar uma lixeira ou "bituqueira". Outra opção é apagar o restante do cigarro e guardá-lo de volta no maço até que você se depare com uma lixeira.

Não é adubo, mas pode ser

Bituca não é biodegradável, mas transformá-la em adubo é possível. Esse processo é parecido com a compostagem de material orgânico e consiste em descontaminação, trituração normalização e estabilização. Isso neutraliza a carga tóxica da queima do cigarro para posteriormente aplicar no solo. A reciclagem também é possível, mas o serviço ainda é raro no Brasil.


Postar comentário