Brasil e Arábia Saudita saem de Bonn como vilões do clima

Objetivo do encontro era deixar quase tudo pronto para ser aprovado no final do ano
Da Redação / Ecológico - redacao@souecologico.com
Clima
Publicado em: 28/06/2019

A nova diplomacia brasileira também deixou sua marca na reunião preparatória em Bonn, onde o Brasil integrou o time dos que atravancaram o livro de regras do Acordo de Paris, ao lado da Arábia Saudita. Os negociadores brasileiros insistem em aproveitar os créditos de carbono que sobraram do Protocolo de Quioto e querem enfraquecer as regras relativas à dupla contagem.

Observatório do Clima
Observatório do Clima

O objetivo do encontro que terminou nessa quinta-feira (27) na Alemanha era deixar quase tudo pronto para ser aprovado no final do ano. Mas o texto final permanece cheio de lacunas e, agora, sem as conclusões do Relatório 1,5°C, graças ao veto da Arábia Saudita, com o apoio velado dos EUA, Irã e Rússia. Assim, o texto ficou sem a urgência e a profundidade das mudanças preconizadas pela ciência.

Ironicamente, os negociadores só precisariam sair do ar condicionado para sentir a forte onda de calor que assola a Europa esses dias – um dos claros exemplos de como o clima está mudando.

Fonte: Climainfo


Postar comentário