Brasil está entre os países com piores políticas climáticas do mundo, mostra índice

Levantamento foi realizado por três instituições internacionais
Matheus Muratori - redacao@souecologico.com
Política Ambiental
Publicado em: 18/12/2019

Um levantamento realizado por New Climate Institute, rede Climate Action Network (CAN) e a Organização Não-Governamental (ONG) Germanwatch, três instituições internacionais, calculou o quanto os países ajudam nas políticas ambientais em nível global. Nomeado de Índice de Desempenho frente à Mudança Climática (CCPI – Climate Change Performance Index), a pesquisa mostra que o Brasil está com comprometimento político climático “muito baixo”.

Além do Brasil, Estados Unidos, Austrália e Polônia são os países com a pior faixa de comprometimento climático por parte das autoridades. Os norte-americanos, inclusive, aparecem como os piores protetores climáticos do planeta.

Brasil aparece no ranking junto de outros três países (Foto: iStock)
Brasil aparece no ranking junto de outros três países (Foto: iStock)

O levantamento calcula, em geral, o quão protetor climático é cada país. Ele se baseou, além da política ambiental, em emissões de gases de efeito estufa, parcela de energia gerada por fontes renováveis e consumo de energia per capita para chegar ao resultado final.

O estudo analisou e comparou os progressos feitos em prol da meta estabelecida pelo Acordo de Paris, de manter o aquecimento global abaixo de 2°C, em 57 países, além da União Europeia (UE) como um bloco. Juntos, esses Estados são responsáveis por mais de 90% das emissões globais de gases de efeito estufa.

No geral, o Brasil está em sexto lugar como maior protetor climático, mesmo com a pior política do ranking. Veja, abaixo, a tabela, produzida pela Deutsche Welle Brasil.

(Reprodução/DW Brasil)
(Reprodução/DW Brasil)

Postar comentário