Caronas evitam emissão de 1,6 milhão/ton de gás carbônico

Estudo global realizado reforça impactos positivos da economia compartilhada no meio ambiente
Mobilidade Urbana
Publicado em: 03/04/2019

Lançado no início deste mês pela BlaBlaCar, o "Zero Empty Seats", estudo global sobre o impacto ambiental da carona solidária, é o primeiro a apontar dados reais de uso da comunidade de 70 milhões de caronistas da empresa. O relatório foi conduzido pelo instituto de pesquisa francês Le BIPE.

De acordo com a análise, 1,6 milhão de toneladas de CO2 deixaram de ir para a atmosfera graças à eficiência dos carros com mais pessoas na comparação com outros modos alternativos de transporte, aos comportamentos de direção melhorados dos membros e à carona informal inspirada pela empresa fora da plataforma.

O instituto Le BIPE analisou os dados de uso real da BlaBlaCar durante 12 meses e pesquisou 6.884 membros em 8 países (França, 1.064 respondentes; Brasil, 558; Alemanha, 1.204; Itália, 1.162; Polónia, 679; Rússia, 674; Espanha, 829; e Ucrânia, 714. O relatório Zero Empty Seats apresenta quatro cenários diferentes com base nas inovações em curso. Desde o compartilhamento de caronas até ao transporte para uma experiência de viagem porta-a-porta, existem várias alavancas para ajudar a poupar um total anual de 6,4 milhões de toneladas de CO2 em 2023.

“Os fatos são simples - para proteger o futuro do nosso meio ambiente, devemos trabalhar juntos para agir hoje. Esses resultados mostram como a mobilidade compartilhada pode reduzir significativamente a emissão de carbono no transporte, sem limitar as aspirações de viagem ou o acesso à mobilidade”, disse Nicolas Brusson, CEO e co-fundador da BlaBlaCar.

PRINCIPAIS CONCLUSÕES:

  • Economia total de CO2: 1,6 milhão de toneladas de CO2 economizado pela carona solidária em 2018 - igual ao CO2 absorvido em um ano por uma floresta do tamanho de 730.000 campos de futebol
  • 3,9 pessoas por carro: a taxa média de ocupação de carros na BlaBlaCar (vs 1,9 pessoas por carro sem a BlaBlaCar).
  • Com apenas 1,6% a mais de carros na estrada, a carona permite o transporte de duas vezes o número de passageiros em carros (+ 210%), com 26% menos emissões de CO2
  • Mudanças de comportamento:
    • Carta de motorista: 28% dos passageiros que não têm carta estão postergando o teste graças ao compartilhamento de carros
    • Segurança rodoviária: 22% dos motoristas reduzem a sua velocidade quando partilham caronas, aumentando ainda mais a economia de CO2 gerada


Postar comentário