Carros elétricos chineses podem ser produzidos no Uruguai a partir de 2020

Fabricante automotiva Lifan está à frente do projeto em solo sul-americano
Matheus Muratori - redacao@souecologico.com
Sustentabilidade
Publicado em: 04/09/2019

China e Uruguai estreitaram relações e podem dar início a um processo sustentável em solo sul-americano. Os investidores asiáticos estão interessados em produzir carros movidos a energia elétrica em território uruguaiano. A ideia é utilizar a fábrica da montadora automotiva Lifan, que já tem uma sede no país do presidente Tabaré Vázquez.

As negociações estão em andamento, e a fabricação de carros elétricos no Uruguai pode ter início já em 2020. O encontro e o anúncio das intenções se deram na Uruguay 21, uma agência de promoção de exportações e investimentos.

Carro elétrico da Lifan em exposição na China (Foto: Divulgação/Lifan Motors)
Carro elétrico da Lifan em exposição na China (Foto: Divulgação/Lifan Motors)

Além disso, os chineses também querem investir na tecnologia do país. O Uruguai firmou uma parceria com a empresa equipamentos para redes e telecomunicações Huawei, a fim de potencializar o 5G (que consiste na nova geração de tecnologia móvel, que substituirá a 4G).

Ministro da Indústria do Uruguai, Guillermo Moncecchi defendeu a associação estratégica e o intercâmbio comercial entre China e Uruguai. Ele destacou também a boa relação diplomática que os países mantêm há 31 anos.


Postar comentário