Comissão vai visitar abrigo de animais em Brumadinho

Centenas de bichos foram resgatados após rompimento de barragem; muitos ainda precisam ser adotados
Da redação* - redacao@souecologico.com
Rompimento de Barragem
Publicado em: 26/08/2019

A Fazenda Abrigo de Fauna, localizada em Brumadinho (Região Metropolitana de Belo Horizonte), receberá parlamentares da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) na próxima quarta-feira (28/08). A visita tem o objetivo de verificar o atendimento prestado aos animais que foram abrigados lá após o rompimento de barragem de rejeitos da mina Córrego do Feijão, em janeiro deste ano, no município.

Além das mais de 200 mortes de empregados da mineradora Vale e de moradores da região, animais domésticos e silvestres também foram vítimas do desastre. Segundo o presidente da comissão, deputado Noraldino Júnior (PSC), os mais de 500 animais que se encontram no local precisam ter suas especificidades respeitadas, “para alguns deles, por exemplo, é necessário haver área de soltura”.

Segundo informações do gabinete parlamentar, divulgou a ALMG, hoje são mantidos no local 523 animais, sendo 181 cães, 30 gatos, 149 bovinos, 30 equinos, cinco suínos, 119 aves e nove animais silvestres. Apenas parte dos tutores desses animais já foram identificados.

A Vale fará eventos de adoção para tentar obter um lar para aqueles que não forem entregues aos seus tutores. Já os animais silvestres serão reabilitados e, posteriormente, devolvidos à natureza.

Animais também foram vítimas de rompimento de barragem em Brumadinho - Foto: Ricardo Barbosa / ALMG
Animais também foram vítimas de rompimento de barragem em Brumadinho - Foto: Ricardo Barbosa / ALMG

* Com informações da ALMG.


Postar comentário