Deputados se reúnem com parentes das vítimas de Brumadinho

Famílias receberão relatório da CPI da Assembleia que investigou as causas do rompimento da barragem da Vale
Da redação* - redacao@souecologico.com
Brumadinho
Publicado em: 13/12/2019

Parlamentares do Grupo de Trabalho da Barragem de Brumadinho, instituído pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), se reúnem, nesta sexta-feira (13), com representantes das famílias das vítimas do rompimento da Barragem B1, da mineradora Vale, ocorrido em 25 de janeiro deste ano. O rompimento provocou as mortes de 270 pessoas, além de danos ambientais, sociais e econômicos diversos.

A reunião será na Câmara Municipal de Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, às 10 horas. Na ocasião, os parlamentares vão entregar às famílias das vítimas o relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Barragem de Brumadinho.

Grupo de trabalho acompanha recomendações de CPI

O relatório, aprovado na última reunião da CPI, em 12 de setembro deste ano, é resultado de seis meses de investigações, no âmbito da ALMG, sobre as causas da tragédia. A criação do Grupo de Trabalho da Barragem de Brumadinho, formalizada em 17 de setembro deste ano, é um dos principais resultados da CPI. Seu objetivo é monitorar o cumprimento das recomendações do relatório final e contribuir para que as famílias das vítimas e os municípios afetados tenham a devida reparação dos danos.

Tragédia está perto de completar um ano - Foto: Clarissa Barçante / ALMG
Tragédia está perto de completar um ano - Foto: Clarissa Barçante / ALMG

Compõem o Grupo de Trabalho os deputados e a deputada que foram membros efetivos da CPI: Gustavo Valadares (PSDB), Sargento Rodrigues (PTB), Cássio Soares (PSD), Glaycon Franco (PV), Noraldino Júnior (PSC), André Quintão (PT) e Beatriz Cerqueira (PT).

* Com informações da ALMG.


Postar comentário