Desmatamento cresce 222% na Amazônia em agosto de 2019

Dados do DETER não dão medidas exatas do tamanho do desmatamento
Da Redação / Ecológico - redacao@souecologico.com
Meio Ambiente
Publicado em: 09/09/2019

O desmatamento da Amazônia aumentou 222% em agosto deste ano, em relação ao mesmo mês do ano passado, segundo dados do DETER-INPE. Este aumento se segue aos aumentos de 90% e 278% registrados pelo sistema nos meses junho e julho, respectivamente.

Como já é de amplo domínio, os dados do DETER não dão medidas exatas do tamanho do desmatamento, mas sim uma indicação muito adequada. Normalmente, o dado do DETER é até um pouco menor do que os dados do sistema PRODES, que anualmente dá o balanço oficial do desmatamento.

Reprodução/amazonia.org
Reprodução/amazonia.org

Além de divulgar o dado de agosto do DETER, a matéria de Phillippe Watanabe, na Folha, traça um histórico da tumultuada relação do governo federal com estes dados e informa que o projeto de orçamento federal para 2020 “travou 38% do orçamento de monitoramento de florestas do INPE.” Em outra matéria, a Folha detalha o corte orçamentário do INPE. E esta outra matéria, também da Folha, fala do impacto dos cortes de recursos para a ciência brasileira.

Fonte: Climainfo


Postar comentário