Dia Mundial do Guarda-Parque: profissionais colaboram com proteção e manejo das Unidades de Conservação

Profissionalizar equipe contribui para a conservação da reserva e da biodiversidade, e para o bem-estar de seus colaboradores e visitantes
Da Redação / Ecológico - redacao@souecologico.com
Meio Ambiente
Publicado em: 02/08/2019

O Parque das Neblinas reserva de 6 mil hectares de Mata Atlântica da Suzano gerida pelo Instituto Ecofuturo e conta com uma equipe fundamental no auxílio de seu manejo e proteção: os guarda-parques, profissionais responsáveis por garantir a manutenção e segurança de Unidades de Conservação, de sua biodiversidade e visitantes. Na última quarta-feira (31), comemorou-se o Dia Mundial do Guarda-Parque.

Divulgação/Ecofuturo
Divulgação/Ecofuturo

O Ecofuturo investe na formação desses profissionais desde 2012, e hoje possui uma equipe própria de guarda-parques e um supervisor de operações, que coordena o trabalho. Antes, a reserva contava apenas com o apoio de vigilantes patrimoniais, mas a demanda de atividades específicas em uma área de conservação revelou a necessidade de formar uma equipe especializada. A primeira turma foi composta pelos antigos vigilantes, que receberam treinamentos como orientação em locais remotos, primeiros-socorros e combate a incêndios florestais.

David Almeida, Supervisor de Operações no Parque das Neblinas, foi um dos vigilantes patrimoniais que participaram da primeira formação oferecida pelo Ecofuturo e também já atuou como guarda-parque no local. Ele reconhece a importância da profissão: “A função é, sem dúvidas, a mais importante em áreas de conservação. A manutenção da biodiversidade nas reservas depende muito da atuação desses profissionais. A presença do guarda-parque inibe boa parte dos vetores de pressão, como caça, extração da flora e a presença de animais domésticos”.

Entre as principais funções desenvolvidas pela equipe estão as rondas diárias, apoio e orientação aos diversos públicos – entre eles, visitantes e pesquisadores -, implantação e manutenção de trilhas, conservação de equipamentos e a articulação com órgãos públicos de segurança. Os guarda-parques são também um importante elo entre o Parque e as comunidades do entorno, e atuam com ações preventivas e educativas.

Fonte: DINO


Postar comentário