Empresa aposta em cultura colaborativa para contrapor vandalismo

Bicicletas para compartilhamento foram danificadas no último final de semana em BH
Da Redação / Ecológico – redacao@revistaecologico.com.br
Mobilidade
Publicado em: 22/01/2019

No primeiro final de semana em operação em Belo Horizonte, a empresa de mobilidade Yellow registrou atos de vandalismo. Bicicletas de compartilhamento foram arremessadas no Ribeirão Arrudas, próximo à estação Santa Tereza do metrô, na Região Leste de BH. Em resposta ao Sou Ecológico, a empresa confirmou que está trabalhando para recuperar as bikes e que adota medidas para evitar casos de vandalismo e furto.

As ações têm como base o fomento da cultura colaborativa entre os usuários e o uso de tecnologias específicas, como o rastreamento por GPS. A Yellow avalia que as denúncias feitas pelos usuários à polícia têm sido efetivas, mas ressalta que eles também podem ajudar a prevenir novas ocorrências fazendo registro dos casos no próprio aplicativo.

A empresa afirmou ainda que conta “com um time de guardiões – nossa equipe de rua – que, além da parte de recolhimento e manutenção dos patinetes, é responsável pelo monitoramento e organização das operações também das bikes, em contato constante com as autoridades locais para evitar qualquer tipo de ocorrência indevida”.

Também faz parte da estratégia de preservação dos equipamentos o uso de peças exclusivas nas bikes, que impedem seu reaproveitamento em outros modelos, e o horário de funcionamento restrito das 8h às 20h para os patinetes. Eles são recolhidos das ruas todas as noites.

Registro do vandalismo

Conhecido nas ruas da capital mineira como Mister Bus, Ricardo Teixeira, de 53 anos, registrou nas redes sociais sua indignação ao flagrar três bicicletas jogadas no Arrudas. Ele lamentou o vandalismo provocado por alguns usuários que, como afirmou, também destroem outros equipamentos urbanos. "Tudo que vê, depreda: ônibus, ponto, estações, equipamentos, instalações, bebedouros, praças, até as bicicletas novas que chegaram aqui."

Saiba mais:

BH ganha serviço de compartilhamento de bikes e patinetes


Postar comentário