Entidade empresarial debate futuro de atividade minerária

Seminário contará com participação de estudiosos, debatedores estrangeiros e políticos
Da Redação / Ecológico - redacao@revistaecologico.com.br
Mineração
Publicado em: 17/04/2019

A Fundação Dom Cabral recebe hoje (17), em Nova Lima, um seminário promovido pelo Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) para promover a troca de experiências em gestão de diversos processos envolvendo a indústria da mineração. A programação prevê painéis ao longo de todo o dia.

Segundo Rinaldo Mancin, Diretor de Assuntos Ambientais da entidade e um dos palestrantes, o “evento é uma das iniciativas do setor mineral brasileiro para conhecer e aprender com experiências e boas práticas internacionais e nacionais, incluindo o gerenciamento dos riscos associados”.

Entre os temas mais debatidos no encontro estão as barragens de rejeitos. As atenções se voltam a elas na esteira das tragédias ocorridas com o colapso da estrutura da Samarco em 2015 e do rompimento da barragem da Vale em janeiro deste ano. Os eventos provocaram centenas de mortes e impactos ambientais ao longo de duas bacias hidrográficas.

De acordo com o Ibram, especialistas em mineração, além de autoridades federais, executivos das principais mineradoras do País, profissionais e estudiosos confirmaram presença. Confira a programação completa:

8h – 8h30 Registro e café da manhã de boas-vindas
Boas-vindas e objetivos do Seminário:

* Presidente da Fundação Dom Cabral (FDC), Professor Antonio Batista da Silva Junior
* Presidente do IBRAM, Sr. Walter Alvarenga

8h30 – 10h Abertura
* Governador do Estado de Minas Gerais, V.Exa. Sr. Romeu Zema Neto
* Ministro de Estado de Minas e Energia, V.Exa. Bento Costa Lima Leite de Albuquerque Junior
* Ministro de Estado do Meio Ambiente, V.Exa. Sr. Ricardo Salles
* Governador do Estado do Espírito Santo, V.Exa. José Renato Casagrande
* Presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais - FIEMG, Sr. Flávio Roscoe Nogueira

10h – 11h Sessão 1: Perspectivas sobre o futuro da mineração em Minas Gerais
Moderador: Diretor-Presidente, Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração – CBMM, Sr. Eduardo Augusto Ayroza Galvão
Ribeiro
Painel: Partindo da análise da situação atual, quais são os maiores desafios e oportunidades para o fortalecimento da contribuição
socioeconômica do setor mineral ao Estado de Minas Gerais?

* Presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais - FIEMG, Sr. Flávio Roscoe Nogueira
* Presidente da Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais (AMIG) e Prefeito de Nova Lima, Sr. Vitor Penido de
Barros
* Departamento de Economia da UFMG, Professor Mauro Sayar Ferreira

11h – 12h Sessão 2: Aspectos socioambientais da atividade mineral
Moderador: Secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais, Sr. Germano Luiz
Gomes Vieira
Painel: Principais aspectos socioambientais para o desenvolvimento sustentável do setor mineral em Minas Gerais
* Ministro de Estado do Meio Ambiente, V.Exa. Sr. Ricardo Salles
* Ex-Ministro da Economia, Presidente da Fundação Valor Minero (Chile), Sr. Alvaro Garcia Hurtado
* Fundação Dom Cabral (FDC), Professor Associado Cláudio Boechat

12h – 13h30 Almoço

13h30 – 14h Sessão 3: Iniciativas Internacionais da Indústria de Mineração
* International Council on Mining and Metals (ICMM), Chief Executive Officer, Sr. Tom Butler

14h – 15h45 Sessão 4: Barragens de rejeitos: projeto, construção e operação
Moderador: PUC-Rio, Sr. Alberto Sayão, PhD
Painel: Principais alternativas de projetos de barragens de rejeitos e seus desafios considerando o longo prazo de construção e operação
* Associação de Mineração do Canadá (MAC), Sr. Charles Dumaresq, M.Sc
* Universidade de São Paulo (USP), Sr. Paulo Teixeira Cruz, D.Sc (Brasil)
* Norwegian Geotechnical Institute, Sra. Suzanne Lacasse, PhD, Rankine Lecturer (Canadá)

15h45 – 17h30 Sessão 5: Barragens de rejeitos: diretrizes, regulação e descomissionamento
Moderador: IBRAM, Sr. Rinaldo Mancin
Painel: Como garantir o monitoramento eficaz e quais as metodologias recomendáveis para mensuração dos riscos associados?
Como assegurar ao público e autoridades sobre a resiliência e confiabilidade dos métodos propostos?

* Agência Nacional de Mineração, Diretor-Geral, Sr. Victor Bicca
* Grillo Engenharia, Sr. Sergio Grillo, M.Sc (Brasil)
* Knight Piésold and Co., Sr. Paul W. Ridlen, P.E. (EUA)

17h30 – 18h00 Fechamento


Postar comentário