Fórum apresenta exemplos de ecologia industrial no Brasil e tratamento de resíduos

Green Mining e FRAL Consultoria apresentam soluções para o retorno de materiais ao ciclo produtivo, tratamento de resíduos e economia circular
Da Redação / Ecológico - redacao@souecologico.com
Meio Ambiente
Publicado em: 13/06/2019

Nessa quarta-feira (12), começou um dos mais importantes eventos técnicos e científicos do Brasil na área de resíduos sólidos: o 10º Fórum Internacional de Resíduos Sólidos (FIRS), que ocorrerá em João Pessoa (PB). Durante o encontro, serão discutidos conceitos, princípios e aplicabilidade de ações como educação ambiental, reaproveitamento de resíduos, economia circular, ecologia industrial, disposição de rejeitos, logística reversa, tecnologias sustentáveis, além de discutir formas de atingir os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS's) das Nações Unidas.

Divulgação/Fórum Internacional de Resíduos Sólidos
Divulgação/Fórum Internacional de Resíduos Sólidos

Para colaborar com essas questões, Rodrigo Oliveira, presidente da empresa de engenharia FRAL Consultoria e CEO da Green Mining, startup fundada em 2018 para criar soluções em reaproveitamento de embalagens, mostrará, entre outros assuntos, a importância da conscientização da indústria para a logística reversa e o impacto positivo para o meio ambiente. "Esta é uma tendência em todo o mundo, em que as empresas se responsabilizam pelo retorno ao ciclo de produção. Em São Paulo, isto já está sendo implantado e temos tido forte adesão. A ideia é levar para outros grandes centros consumidores", diz.

A startup é uma das 21 selecionadas pela cervejaria Ambev em todos os continentes para resolver questões mundiais urgentes em sustentabilidade. Um dos principais prob lemas apontados foi o vidro, que tem pouco valor na cadeia de reciclagem e representa um dos grandes "vilões" entre os resíduos. "Além de ser o tipo de material que mais demora para se decompor na natureza – mais de mil anos – é 100% reaproveitável, gerando mais economia, além de evitar um alto gasto de energia e emissão de CO2. Para se ter uma ideia, o consumo de energia para produzir 1 tonelada de vidro é de cerca de 200 kWh, o que equivale a mais de 12 anos de uma televisão ligada, 24 horas por dia", explica Rodrigo.

Para resolver isto, o projeto lançado em parceria com a Ambev atua na coleta de forma eficiente e sustentável na logística reversa, por meio de uma tecnologia que permite identificar os locais de maior geração de resíduos pós-consumo. A coleta é feita por catadores devidamente capacitados e contratados, que direcionam o resíduo acumulado à fábrica da cervejaria no Rio de Janeiro. A ação é realizada na Vila Olímpia e em Pinheiros, em São Paulo, e deve expandir para outros Estados ainda este ano. Desde o início do ano, foram recolhidas 100 toneladas de garrafas de vidro em bares e restaurantes da cidade.

Disposição final de rejeitos

Ainda sobre os desafios pós-consumo, o mestre em Mecânica dos Solos, Fundações e Geotecnia, Francisco Oliveira, abordará tecnologias indicadas para o tratamento do lixo, reaproveitamento, recuperação energética do lixo e disposição final de rejeito. "A quantidade de resíduos sólidos urbanos gerados continua crescendo no Brasil, assim como a destinação inadequada, o que torna latente a preocupaçã o com esta problemática, que precisa ser rapidamente resolvida", comenta Francisco, fundador da FRAL Consultoria, empresa voltada para planos e projetos de engenharia civil e meio ambiente.

Segundo a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), das 71,3 milhões de toneladas de resíduos coletadas atualmente, 41,6% são despejadas irregularmente, visto que mais de 3,3 mil municípios (60%) ainda os descartam em lixões ou aterros a céu aberto, havendo três mil depósitos que precisam ser extintos.

Os assuntos serão tratados nos painéis 3 e 5 do evento, que ocorrem em 12 e 13 de junho, respectivamente.

SERVIÇO

10º Fórum Internacional de Resíduos Sólidos

Data: 12 a 14 de junho de 2019.
Horário: 9h às 18h.
Local: Espaço Cultural José Lins do Rêgo, localizado na rua Abdias Gomes de Almeida, 800, Tambauzinho, João Pessoa (PB).


Postar comentário