Governo tenta dar resposta aos fundos de investimento que pediram mais cuidado com a Amazônia

Outro problema para o meio ambiente, e para a imagem do país, está em desenvolvimento na Câmara
Da Redação / Ecológico - redacao@souecologico.com
Política Ambiental
Publicado em: 20/09/2019

O governo respondeu rapidamente à preocupação de um conjunto poderoso de fundos de investimento com o desmatamento e a queima da Floresta Amazônica. O porta-voz da Presidência, general Otávio Rêgo Barros, declarou que a administração federal está fazendo todo o possível para controlar os incêndios.

Rêgo Barros disse ainda que o governo pretende atrair investimentos por meio da emissão de green bonds e que, para tanto, o ministro da infraestrutura assinará um acordo com a Climate Bonds Initiative, organização sem fins lucrativos, para alavancar investimentos sustentáveis em infraestrutura.

O porta-voz citou, como exemplo, a concessão de ferrovias. Talvez o general não saiba que a ferrovia dos olhos do agronegócio é a Ferrogrão, cuja construção pode ter impacto direto no desmatamento de Florestas Nacionais, Unidades de Conservação e Terras Indígenas. Tudo que um green bond quer manter à distância.

Agência Brasil
Agência Brasil

Outro problema para o meio ambiente, e para a imagem do país, está em desenvolvimento na Câmara. Segundo o Congresso em Foco, deputados fecharam um acordo na Câmara para aprovar a Medida Provisória 884 que extingue o prazo de obrigatoriedade para o proprietário rural preencher o Cadastro Ambiental Rural. A MP carrega um jabuti que mais uma vez incentiva a grilagem de Terras Públicas ao tornar o registro em cartório da propriedade um ato quase autodeclaratório.

Fonte: Climainfo


Postar comentário