Hoje é dia de festejar a onça-pintada

Símbolo da conservação da biodiversidade brasileira, espécie ganha dia especial no calendário e tem dia de festa no Parque Nacional do Iguaçu
Meio Ambiente
Publicado em: 29/11/2018

A onça-pintada, símbolo nacional da biodiversidade, ganhou um dia em sua homenagem no calendário nacional. O país terá a partir de agora o Dia Nacional da Onça Pintada, comemorado em 29 de novembro.

Neste primeiro ano de comemoração, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) promove hoje (29/11), no Parque Nacional do Iguaçu, no Paraná, um evento especial, às 17h, em seu Centro de Visitantes. A data é importante para unir esforços em ações de divulgação sobre a importância ecológica, econômica e cultural da espécie.

A possibilidade de festejar e atrair especial atenção para a onça-pintada foi concretizada a partir de uma portaria do Ministério do Meio Ambiente (MMA), publicada em outubro. “O papel de liderança que o Brasil vem exercendo nos esforços de conservação da espécie impulsionaram a data comemorativa escolhida para o nível internacional”, ressalta Ronaldo Gonçalves Morato, coordenador do Centro Nacional de Pesquisas e Conservação de Mamíferos Carnívoros (Cenap), do ICMBio.

Segundo ele, no dia 20 de novembro, durante a Conferência entre as Partes da Convenção de Diversidade Biológica (COP-14), que está sendo realizada em Shram El-Sheik no Egito, organizações não-governamentais e países de ocorrência da onça-pintada, declararam o Dia Internacional da Onça-Pintada, seguindo a inciativa do governo brasileiro. Isso significa que nos 18 países em que a espécie ocorre haverá comemorações com foco na sua conservação.

“Ou seja, vamos integrar ainda mais as nações que querem conservar essa magnífica espécie. E os esforços não param por aí, ainda durante a COP-14, foi apresentado um plano de ação global para a conservação da espécie, sendo que vamos trabalhar em conjunto para assegurar a preservação de 30 unidades de conservação prioritárias e o estabelecimento de corredores de conectividade”, ressalta Ronaldo.

O lançamento do “agora” Dia Internacional da Onça no Parque do Iguaçu, não ocorre por acaso. É na fronteira entre Brasil-Argentina e Paraguai que um grupo de pesquisadores deu um passo pioneiro nas ações integradas de pesquisa e conservação da espécie. Iniciativa que mereceu reconhecimento por parte da Nações Unidas durante o evento Jaguar High 2030, realizado na sede da ONU, em Nova York, em março deste ano.

Maior felino

A onça-pintada é o maior felino das Américas, e por ser topo de cadeia alimentar e necessitar de grandes áreas conservadas para sobreviver, ocorre somente em territórios preservados. No Brasil, habita diversos biomas: Amazônia, Pantanal, Mata Atlântica e Caatinga, mas é neste último que está mais ameaçada, sendo considerada criticamente em perigo de extinção.


Postar comentário