“Ilha das Flores” é eleito o melhor curta-metragem brasileiro de todos os tempos

Votação foi promovida pela Abraccine e servirá de base para livro realizado em parceria com Canal Brasil e Editora Letramento
Da Redação / Ecológico - redacao@souecologico.com
Meio Ambiente
Publicado em: 06/05/2019

No ano em que comemora três décadas de seu lançamento, o filme “Ilha das Flores”, de Jorge Furtado, foi eleito o melhor curta-metragem brasileiro de todos os tempos, em levantamento realizado pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) e que servirá de base para o livro “Curta Brasileiro – 100 Filmes Essenciais”, produzido em parceria com Canal Brasil e editora Letramento.

Divulgação/Jorge Furtado
Divulgação/Jorge Furtado

A produção gaúcha – disponível no Canal Brasil Play –, vencedora do Urso de Prata do 40º Festival de Berlim, em 1990, é a primeira colocada de uma lista 100 títulos, que abrange desde obras feitas em 1913 (“Os Óculos do Vovô”), de Francisco Santos, o mais antigo filme brasileiro ficcional ainda preservado, até curtas recentes como as animações “Torre” (2017), de Nádia Mangolini, e “Guaxuma” (2018), de Nara Normande.

"Ilha das Flores" conta a história de um aterro sanitário de Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul. A narrativa vai desde o comércio dos legumes até o consumo, chegando até o descarte do lixo doméstico nos chamados "lixões". Nesses locais, pessoas e animais batalham por comida ou qualquer suprimento que tenha utilidade.

Fonte: Abraccine


Postar comentário