Investimento em fontes renováveis nesta década chega a 2,6 trilhões de dólares

Relatório, divulgado nessa quinta-feira, é da ONU Meio Ambiente
Da Redação / Ecológico - redacao@souecologico.com
Sustentabilidade
Publicado em: 06/09/2019

A década que termina neste ano registrou um grande dado global relacionado a fontes renováveis. O valor investido nesse tipo de matriz energética ultrapassou os 2,6 trilhões de dólares entre 2010 e 2019, segundo um relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) Meio Ambiente, divulgado nessa quinta-feira (5).

Segundo o estudo, somente a energia solar puxou a metade (1,3 trilhão de dólares) dos investimentos em capacidade de energia renovável realizados ao longo desta década. O ramo cresceu de 25 GW no início de 2010 para os esperados 663 GW até o final de 2019. O levantamento destaca que isso seria o suficiente para produzir toda a eletricidade necessária a cada ano em cerca de 100 milhões de residências nos Estados Unidos.

Em termos globais, a geração de eletricidade representada pelas energias renováveis atingiu 12,9%, em 2018 (o número era de 11,6% em 2017). Isso evitou um volume estimado de dois bilhões de toneladas de dióxido de carbono emitidos somente no ano passado. Em 2018, 13,7 bilhões de toneladas foram lançadas na atmosfera.

Energia solar e eólica tiveram destaque nesta década (Foto: Domínio público)
Energia solar e eólica tiveram destaque nesta década (Foto: Domínio público)

Incluindo todas as principais tecnologias de geração (fóssil e limpa, também chamada de carbono zero), esta década é esperado que esta década instale uma capacidade líquida de 2.366 GW de energia. A energia solar representa a maior parcela única (638 GW), seguida de carvão (529 GW), eólica e gás natural, em terceiro e quarto lugares (487 GW e 438 GW, respectivamente).

Somente em 2018, as fontes renováveis tiveram um investimento de 272.9 bilhões de dólares. O valor foi o triplo do aplicado em geração fóssil no mesmo período. Diretor-executivo do programa ambiental da ONU, Inger Andersen deixa um recado em meio ao estudo.

"Investir em energia renovável é investir em um futuro sustentável e rentável, como mostrou esta última década de incrível crescimento em energias renováveis", disse.


Postar comentário