Relatório do IPCC alerta para situação dos oceanos nos próximos anos

Estudo chama a atenção para as consequências da manutenção do atual índice de emissão de gases de efeito estufa
Matheus Muratori - redacao@souecologico.com
Meio Ambiente
Publicado em: 29/08/2019

Os oceanos, uma das principais fontes de vida do planeta Terra, podem ser os próximos inimigos de toda população mundial. É o que diz um rascunho de um relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), divulgado pela agência internacional de notícias Agence France-Presse - AFP.

Emissão de gases de efeito estufa pode ocasionar tragédias que envolvem os oceanos (Foto: Domínio Público)
Emissão de gases de efeito estufa pode ocasionar tragédias que envolvem os oceanos (Foto: Domínio Público)

Segundo o estudo do IPCC, com o aumento dos gases de efeito estufa, o nível do mar sobre oceanos e criosfera aumentaria a ponto de ocasionar: a diminuição de peixes, deslocamento de 280 milhões de pessoas e aumento de danos causados por furacões.

Segundo a AFP, o relatório completo do IPCC será apresentado em 25 de setembro, em Mônaco, na França. O documento, quarto estudo especial encomendado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em menos de um ano, conta com 900 páginas.

Uma das consequências trata do aumento da força e frequência de tornados. Segundo o relatório, na melhor das hipóteses, algumas nações insulares e até cidades próximas à costa podem ser inundadas dependendo da força do fenômeno.

"Quando você observa a instabilidade política desencadeada pelas migrações em pequena escala, tremo em pensar em um mundo onde dezenas de milhões de pessoas deixarão suas terras engolidas pelo oceano", disse, à AFP, Ben Strauss, presidente e diretor do instituto de pesquisa estadunidense Climate Central.


Postar comentário