Mais de oito mil escoteiros chegam em Foz do Iguaçu para o JamCam 2020

WWF-Brasil participa com quatro oficinas desenvolvidas especialmente para o evento
Da Redação / Ecológico - redacao@souecologico.com
Educação Ambiental
Publicado em: 07/01/2020

Entre os dias 6 e 10 de janeiro, a cidade de Foz do Iguaçu (PR) vai receber mais de 8 mil escoteiros, de 21 países, no JamCam, evento que engloba o 16º Jamboree Scout Interamericano e o 3º Camporee Scout Interamericano. Em 2020, o Centro de Convenções paranaense é o ponto de encontro dos escoteiros que se reúnem a cada quatro anos, sempre em um país diferente.

Neste ano o WWF-Brasil participa do evento com quatro oficinas desenvolvidas especialmente para o acampamento interamericano: #SemDesperdício, Patrulheiros da Vida Silvestre, Microplásticos e Ser Humano e Onça-pintada.

WWF-Brasil
WWF-Brasil

Ser Humano e Onça-pintada, por Onças do Iguaçu com apoio do WWF-Brasil

Além de aprender curiosidades e ter mais informações sobre o comportamento desse felino que é símbolo das matas brasileiras, a oficina ensina técnicas básicas em caso de encontro com uma onça-pintada na natureza, por exemplo, como evitar o confronto com o animal. Depois os participantes são convidados para conhecer os equipamentos de monitoramento (antenas e colares) e, ao final, aprendem como identificar rastros de animais que vivem na região de Iguaçu e fazem um molde em gesso de pegadas de onça-pintada.

Microplásticos, por WWF-Brasil com apoio dos Escoteiros do Brasil

São quatro estações de trabalho: na primeira, os jovens têm uma visão geral do problema dos plásticos e o impacto em nossas vidas, além de conhecer quais os principais grupos de plástico existentes. Na segunda, experimentam retirar pedaços pequenos de plástico de uma caixa de areia, que simulam a dificuldade de retirar o material da natureza. Depois são desafiados a se desvencilhar de um laço de plástico de suas mãos sem a ajuda de elementos externos. Por fim, os escoteiros são convidados a relatar cenas do cotidiano que não contenham plástico envolvido na atividade.

Patrulheiros da Vida Silvestre, por Projeto Pró-Espécies e WWF-Brasil

Uma fala de abertura introduz o tema aos escoteiros que depois são chamados para uma atividade de Perguntas e Respostas sobre as demandas e os principais problemas enfrentados por quem combate o tráfico internacional de animais.

#SemDesperdício, por WWF-Brasil e Escoteiros do Brasil com patrocínio Carrefour

A dinâmica, dividida em duas etapas, oferece informações e dicas para que os jovens evitem o desperdício de alimentos dentro de suas casas. Na primeira parte, vence o jogo quem encontra as melhores soluções para evitar o desperdício de alimentos. Na segunda etapa há uma demonstração prática de como utilizar melhor os alimentos e evitar o desperdício.

Fonte: WWF-Brasil


Postar comentário