Mergulhadores se unem para retirar lixo do mar e estabelecem novo recorde mundial

Ação aconteceu em Deerfield Beach, no Sul da Flórida, nos Estados Unidos
Matheus Muratori - redacao@souecologico.com
Meio Ambiente
Publicado em: 25/07/2019

O mundo tem um novo recorde de limpeza subaquática. Em 15 de junho deste ano, 633 mergulhadores se uniram para retirar o lixo do píer de pesca internacional de Deerfield Beach, no Sul da Flórida, nos Estados Unidos. A ação foi organizada pela loja de equipamentos de mergulho Dixie Divers, pelo projeto de mergulhadores AWARE e por um coletivo de mulheres da praia.

Os mergulhadores, de diversas partes do mundo (América do Norte, América do Sul e Europa), retiraram 1,45 tonelada de detritos da água. Entre os objetos, estão plásticos variados, vidro, pesos de chumbo, pedaços de madeira, roupas velhas, anzóis e outros pedaços de metal e linhas de pesca .

Michael Empric, juiz do Guinness World Records (conhecido como o livro dos recordes), acompanhou a ação. Ela bateu um mutirão de 2015, realizado no Mar Vermelho, no Egito, que reuniu 614 pessoas e ostentava o título de maior aglomeração de pessoas para a limpeza subaquática. A coleta no país africano se deu por um dia, enquanto a ocorrida na Flórida levou apenas duas horas.

Ao Sun Sentinel, o juiz do livro dos recordes minimizou a nova marca e exaltou o ato em si: “Não importa o que aconteça com o Guinness World Records. O que realmente importa é que todos estão empenhados limpando o mar e tentando melhorar a vida na comunidade”.

Com a limpeza deste ano, a ação completou 15 anos de atividades no píer de pesca internacional de Deerfield Beach. Todo o resíduo será descartado da maneira correta ou reaproveitado pelos moradores e cooperativas de reciclagem da região.

Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), cerca de oito milhões de toneladas de lixo plástico são despejados nos oceanos por ano. Caso esse ritmo se mantenha, estima-se que até 2050 haverá mais plástico nas águas do que peixes.


Postar comentário