Militares israelenses reforçam buscas em Brumadinho

Grupo vai usar equipamentos modernos de rastreamento
Da Redação / Ecológico – redacao@revistaecologico.com.br
Rompimento de Barragem
Publicado em: 28/01/2019

O trabalho de busca e resgate de vítimas do rompimento de uma barragem da Vale em Brumadinho (MG) vai ser reforçado por aproximadamente 130 militares de Israel. O grupo formado por técnicos, bombeiros, engenheiros e médicos desembarcou na noite desse domingo (27/01) no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte.

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, publicou no Twitter imagens dos militares enviados ao Brasil. “A delegação israelense está a caminho do Brasil para ajudar as vítimas do desastre do desabamento da barragem. Nós ajudamos nossos amigos”, postou.

Imagem: Reprodução / Twiiter
Imagem: Reprodução / Twiiter

Esforço de resgate

O grupo trouxe cerca de 16 toneladas de equipamentos. Com capacidade de captação de imagens e detectores de vozes e ecos, eles serão usados principalmente para rastreamento. Isso vai reforçar as estratégias já empregadas pelos agentes dos bombeiros e da defesa civil, que inclui, entre outras, o uso de cães farejadores e sonares, leitura de calor e imagem de satélite e busca por sinal de celular.

Até a madrugada desta segunda-feira, por volta das quatro horas, quando as buscas foram retomadas, 192 pessoas haviam sido resgatadas e 305 permaneciam desaparecidas, incluindo funcionários da Vale e moradores da região atingida. Foram confirmadas 58 mortes, com 19 corpos identificados.


Postar comentário