Minas Gerais comemora 15ª edição do Dia Nacional do Campo Limpo

Atividades serão realizadas em mais de 100 unidades de recebimento de embalagens vazias de defensivos agrícolas em todo o país para celebrar os bons resultados do programa de logística reversa
Da Redação / Ecológico - redacao@souecologico.com
Meio Ambiente
Publicado em: 08/08/2019

A celebração do Dia Nacional do Campo Limpo, em 18 de agosto, já reuniu cerca de um milhão de pessoas em todo o Brasil, desde sua primeira edição em 2005. Este ano, quando o evento comemora seu 15º aniversário, a maioria das atividades acontecerá, excepcionalmente, no dia 16 de agosto, incluindo a cerimônia oficial, em Bebedouro (SP).

Divulgação/inPEV
Divulgação/inpEV

Com o tema “Juntos, semeando o campo limpo”, a celebração reunirá os participantes do Sistema Campo Limpo (programa de logística reversa de embalagens vazias e sobras pós-consumo de defensivos agrícolas), além das comunidades do entorno de unidades de recebimento de embalagens vazias para compartilhar os resultados e benefícios gerados pelo Sistema, que é referência no país e no mundo.

Em Minas Gerais, as atividades de celebração do Dia Nacional do Campo Limpo acontecem em Manhuaçu, Montes Claros, Patrocínio, Pouso Alegre, São Joaquim de Bicas, São Sebastião do Paraíso, Três Pontas, Uberaba e Unaí. Em todo Brasil, mais de 100 unidades de recebimento de embalagens vazias de defensivos agrícolas presentes em 22 estados brasileiros realizarão ações especiais para a data, como o DNCL Portas Abertas (abertura da central para a visitação pública), o DNCL Solenidade (celebração com a presença de autoridades públicas); o DNCL na Escola e Universitário, que promovem ações voltadas para estudantes de ensino fundamental, médio e universitário; o DNCL Ação com Agricultor, evento responsável pela difusão de informações e soluções sustentáveis entre agricultores; e o DNCL Ação Comunitária, que estimula o envolvimento da comunidade em práticas a favor do meio ambiente.

“As inúmeras atividades representam uma oportunidade para a comunidade conhecer o trabalho do Sistema Campo Limpo. Também contribuem para aumentar a conscientização e o envolvimento de todos em nosso programa, cada vez mais bem-sucedido em cuidar do meio ambiente e manter o campo limpo”, destaca João Cesar M. Rando, diretor-presidente do inpEV (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias), entidade gerenciadora do Sistema. Rando destaca a importância de comemorar as mais de 500 mil toneladas de embalagens vazias retiradas dos campos e destinadas de forma ambientalmente adequada, em 17 anos de operação, número que é um marco na trajetória do programa.

Fonte: Ogilvy PR


Postar comentário