Parque da Serra do Rola-Moça mostra belezas e desafios da unidade

Da Redação / Ecológico - redacao@souecologico.com
Meio Ambiente
Publicado em: 03/10/2019

Entender a importância de uma unidade de conservação (UC) é essencial para a preservação do meio ambiente. Para mostrar os inúmeros desafios enfrentados diariamente pelas equipes que trabalham e participam da rotina de uma UC, o Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sisema) produziu um documentário comemorativo dos 25 anos do Parque Estadual da Serra do Rola-Moça. O vídeo foi exibido no dia 27 de setembro, em evento realizado na unidade de conservação para comemorar seus 25 anos de criação e está disponível para o público em geral em nosso canal do Youtube (Meio Ambiente Minas Gerais).


Parte da reserva da biosfera da Serra do Espinhaço, o Parque Estadual da Serra do Rola-Moça está localizado nos municípios de Belo Horizonte, Nova Lima, Ibirité e Brumadinho. O Parque Estadual também é uma das mais importantes áreas verdes do Estado, sendo o terceiro maior parque em área urbana do Brasil. A unidade de conservação é administrada pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF), órgão que integra o Sisema.
No documentário será possível ver as belezas naturais do parque, como dois dos seus seis mananciais que contribuem para o abastecimento da população de BH e sua região metropolitana, além de uma das 40 cavernas de canga e formação ferrífera bandada, plantas endêmicas do parque e ameaçadas de extinção, o campo rupestre ferruginoso e as trilhas. “Pelo documentário pudemos ter a visão do todo, não só das áreas do parque, mas também conhecer aqueles que trabalham no Rola-Moça, disse o gerente do parque, Henri Dubois Collet.
O nome do Rola Moça foi contado em "causo" e imortalizado por Mário de Andrade em um poema que relata a história de um casal que, logo após a cerimônia de casamento, cruzou a serra de volta para casa. No caminho, o cavalo da moça escorregou no cascalho e caiu no fundo do grotão. O marido, desesperado, esporou seu cavalo ribanceira abaixo e "a Serra do Rola-Moça, Rola-Moça se chamou".
Além da paisagem de tirar o fôlego, o espectador poderá conhecer a infraestrutura do parque, entender como funciona o sistema de prevenção e combate a incêndios florestais, além do trabalho de educação ambiental realizado pela equipe do Rola-Moça. O documentário também traz depoimentos das principais lideranças e pessoas envolvidas com o cotidiano da unidade de conservação, da equipe de funcionários, do IEF e do Governo de Minas Gerais, na pessoa do Governador Romeu Zema.
Na solenidade de abertura do evento de aniversário, o diretor de Unidades de Conservação do IEF, Cláudio Vieira Castro, afirmou que o Parque Estadual da Serra do Rola-Moça é um jovem adulto com todas as características que a idade (25 anos) carrega. “Existem desafios e também a necessidade de superá-los”, observou. Castro fez uma menção especial às pessoas que fazem parte da história do Parque. “Todas merecem muito respeito por sua luta pela natureza e muita história ainda virá nos próximos anos”, afirmou.


Certificado de Excelência e Hall da Fama Trip Advisor

Tanta beleza natural aliada à dedicação da equipe que trabalha no Rola-Moça fez com que a unidade de conservação recebesse o “Certificado de Excelência TripAdvisor”, em 2018. Por receber a honraria durante cinco anos consecutivos, O Rola Moça passou a também fazer parte do Hall da Fama do TripAdvisor.

O TripAdvisor é um site de viagens que fornece informações e opiniões de usuários sobre serviços relacionados ao turismo. O portal informa que o Certificado de Excelência é concedido a estabelecimentos do mundo todo que prestam serviços de alta qualidade, com base na avaliação voluntária dos internautas cadastrados no portal.

O Parque Estadual da Serra do Rola Moça faz parte do Programa de Concessão de Parques Estaduais (PARC) 2019-2022. A iniciativa propõe melhorar a gestão de 20 unidades de conservação no Estado. “Em breve, o Parque Estadual da Serra do Rola-Moça passará por uma série e investimentos realizados pela iniciativa privada para ofertar ao público uma experiência mais exitosa, aliando as belezas naturais desta unidade de conservação com investimentos que serão feitos para impulsionar o turismo na região do Parque”, explica o diretor do IEF, Antônio Malard.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Fauna do PE Rola Moça

Os cerca de 4 mil hectares do Parque Estadual da Serra do Rola-Moça também são habitat natural de espécies da fauna ameaçadas de extinção como a onça parda, a jaguatirica, o lobo-guará, o gato-do-mato, o macuco e o veado campeiro.


Postar comentário