Peças 3D ampliam acessibilidade a exposição em BH

Mostra “São Francisco na arte de mestres italianos” integra a programação da 12ª Primavera dos Museus
Inovação
Publicado em: 19/09/2018

A exposição “São Francisco na Arte de Mestres Italianos” vem se mostrando um sucesso de público. Para oferecer mais acessibilidade à mostra, já estão disponíveis peças 3D que traduzem quadros da exposição para apreciação tátil.

Os objetos estarão disponíveis ao público da Casa Fiat de Cultura, no Circuito Cultural da Praça da Liberdade, em Belo Horizonte, mediante solicitação à equipe educativa. O evento integra a programação da 12ª Primavera dos Museus, que se estenderá até 23 de setembro em todo o Brasil.

Por iniciativa do Núcleo de Acessibilidade do Programa Educativo da Casa Fiat de Cultura e produção da FCA Design Center, as peças 3D foram pensadas inicialmente para pessoas com deficiência visual – cegas e com baixa visão. No entanto, podem ser apreciadas também por outros visitantes, como forma de aprofundar o conhecimento sobre os quadros da exposição.

É o que explica a coordenadora do Programa Educativo, Clarita Gonzaga: “Nesse projeto, não nos preocupamos apenas em tornar tátil as imagens, mas os conceitos-chave de cada obra. Todos os públicos poderão compreender como é construída a pintura. Trazer a acessibilidade em um aspecto amplo é o que torna as peças 3D tão importantes”.

Foram criadas três peças, uma de cada núcleo da exposição. Os quadros reproduzidos em 3D são representativos dos movimentos artísticos presentes na mostra: Pré-Renascimento, Renascimento e Barroco. São feitas de resina e, diferentemente dos modelos criados para a indústria automobilística, não foram feitas manualmente, mas por vetorização das imagens e consequente conversão em um programa de computador que as imprimiu em 3D.

Conheça as peças 3D

Os núcleos da mostra e respectivas peças 3D são:

1. Núcleo Imagem: São Francisco de Assis e quatro flagelantes (1499 – Pré-Renascimento), de Pietro Perugino e Giovan Francesco Ciambella.

2. Núcleo Os Estigmas: São Francisco recebe os estigmas (1570 – Renascimento), de Tiziano Vecellio.

3. Núcleo Conversas Sagradas: São Francisco de Assis, santo Antônio de Pádua e são Boaventura de Bagnoregio (séc. XVII – Barroco), Andrea Lilli.

Atividades de acessibilidade

Além das peças 3D, a exposição “São Francisco na Arte de Mestres Italianos” conta com outras ferramentas de acessibilidade: material informativo em tablets e audioguia. A experiência se completa em uma série de atividades de inclusão para públicos especiais, como:

· Mediação em libras.

· Audiodescrição ao vivo: descrição de obra-chave com acompanhamento de mediador.

· Circulação descritiva: descrição do espaço da exposição com acompanhamento de mediador.

· Desenho cego: uso de fios, cordões e outros materiais em substituição ao traço, ao ponto e outros elementos básicos da técnica de desenho.

· Pintura acessível: desenvolvida no Ateliê a partir da texturização de tintas e materiais que permitam a identificação das cores.

Para saber mais acesse: www.casafiatdecultura.com.br


Postar comentário