#podcast: descubra como era a Mata Atlântica original

Podcast Barulho da Onça, do WWF-Brasil, abordou o Bioma
Da Redação / Ecológico - redacao@souecologico.com
Meio Ambiente
Publicado em: 24/07/2019

Restam apenas aproximadamente 12,4% de remanescentes da Mata Atlântica distribuídos em fragmentos muito pequenos em 17 estados brasileiros. “O Rainor Grecco, que foi um dos maiores desmatadores da Mata Atlântica no século passado, ele estima que só 3% da madeira foi aproveitada e todos os outros 97% foram queimados porque o que valia era a terra. Então a gente queimou um patrimônio que levou milênios para ser formado em menos de um século”, afirma Ricardo Cardim em entrevista ao podcast Barulho da Onça, do WWF-Brasil.

Caio Vasconcellos/WWF-Brasil
Caio Vasconcellos/WWF-Brasil

Descubra como era a Mata Atlântica original. Árvores com mais de 13 metros de diâmetro, biodiversidade e frutos abundantes. E como perdemos nossa conexão com a Mata Atlântica. Neste episódio do Barulho da Onça, nosso entrevistado é o botânico Ricardo Cardim, autor do livro “Remanescentes da Mata Atlântica: as grandes árvores da floresta original e seus vestígios.

Atualmente, a Mata Atlântica abriga 261 espécies de mamíferos, 620 de aves, 200 de répteis e 280 de anfíbios, sendo que 567 espécies só ocorrem nesse bioma. Sua flora é representada por cerca de 20 mil espécies de plantas vasculares, das quais oito mil são endêmicas.

Escute agora:


Postar comentário