Prefeitura de Nova e Lima e Vale lançam Pedra Fundamental da nova escola Rubem Costa Lima, de Macacos

Obra será concluída para o ano letivo de 2020. Estrutura privilegia a acessibilidade e a preservação do meio ambiente
Da Redação / Ecológico - redacao@souecologico.com
Meio Ambiente
Publicado em: 02/08/2019

Na tarde de quinta-feira, dia 1º de agosto, a prefeitura municipal de Nova Lima e a Vale realizaram o lançamento da pedra fundamental da nova escola Rubem Costa Lima, que receberá os alunos da rede pública de ensino de Macacos em 2020.

Estiveram presentes no evento o prefeito de Nova Lima, Vitor Penido, a secretária de educação da cidade, Viviane Matos, e o gerente executivo de Reparação e Desenvolvimento da Vale, Luiz Henrique Medeiros, para quem a entrega da escola é um marco para o processo de construção coletiva de soluções. "Mais importante do que a obra em si é o trabalho conjunto de comunidade, poder público e empresa, em um esforço para a ressignificação dos espaços públicos e sua apropriação pelas famílias", afirma.

Em um terreno escolhido pela comunidade e Comissão de Mães de alunos, doado pela prefeitura, a nova escola ocupará uma área de 5.200 m2 e receberá alunos da creche ao fundamental. Serão 12 salas de aulas, com capacidade de 320 crianças, por turno.

Em três blocos, com quatro níveis diferentes, a escola estará equipada com uma biblioteca, estacionamento para professores, salas multiuso, refeitório, enfermaria e quadra poliesportiva coberta.

Estrutura privilegia a acessibilidade e o cuidado com o meio ambiente

Um diferencial da estrutura será o cuidado com o meio ambiente e a acessibilidade. Para isso, serão construídas rampas de acesso e elevadores. A escola contará com painéis fotovoltaicos, que permitirão o armazenamento de energia solar, e contribuirão para o fornecimento de energia elétrica da escola. Além disso, haverá reservatórios para o armazenamento de água pluvial, que será direcionada para uso nos banheiros e irrigação.

Para que os alunos pudessem concluir regularmente o ano letivo de 2019, cerca de 150 alunos da escola e da creche frequentam a escola provisória, construída pela Vale na área do Instituto Kairós.

A Vale reafirma seu compromisso com o diálogo junto às comunidades e a celeridade na busca de soluções. A empresa tem atuado com foco total na reparação de danos, com ações que incluem segurança das estruturas, indenizações, doações a órgãos públicos e pessoas impactadas, assistência médica e psicológica, compra de medicamentos, entre outras ações. No total, investimentos em serviços ambientais, saúde, transporte e outros custos logísticos totalizam mais de R$ 2,3 bilhões.


Postar comentário