'Prêmio Exterminador do Futuro' é entregue ao ministro do Meio Ambiente

Ato foi um protesto realizado pelo Jovens Pelo Clima, de Brasília
Matheus Muratori - redacao@souecologico.com
Política Ambiental
Publicado em: 10/10/2019

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, sofreu retaliações nessa quarta-feira (9), durante audiência pública na Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, na Câmara dos Deputados. Ele foi alvo de protesto realizado por um adolescente, do movimento Jovens Pelo Clima, de Brasília.

O jovem Ian Nunes driblou a segurança e entregou ao ministro o “Prêmio Exterminador do Futuro”. “Ministro, eu queria fazer uma entrega para você, ministro. Esse é o ‘Prêmio Exterminador do Futuro’ para o ministro Salles”, afirmou.

Logo depois, Ian foi retirado por seguranças. Salles pegou o prêmio e, em silêncio, o colocou debaixo da bancada onde estava.

Momento da entrega do "prêmio" (Foto: Reprodução/Twitter Ecologia, Revolução e Igualdade @iannunesc)
Momento da entrega do "prêmio" (Foto: Reprodução/Twitter Ecologia, Revolução e Igualdade @iannunesc)

Nessa quarta-feira, o ministro foi questionado por algumas questões ambientais na Câmara. O desmatamento e as queimadas da Amazônia foram temas, mas o assunto mais tocado foi o óleo que vazou e que atinge diversas praias no litoral do Nordeste brasileiro.

“Esse petróleo que está vindo, muito provavelmente da Venezuela, como disse o estudo da Petrobras, é um petróleo que veio por um navio estrangeiro, ao que tudo indica, navegando próximo à costa brasileira, com derramamento acidental ou não, e que nós estamos tendo enorme dificuldade de conter”, disse Salles.

Segundo o balanço mais recente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), a mancha de óleo atingiu 138 localidades em 62 cidades de nove estados da Região Nordeste.


Postar comentário