PRÊMIO HUGO WERNECK 2019 De Van Gogh à Energia Solar: Conheça os vencedores da 10ª edição

Prêmio Hugo Werneck
Publicado em: 06/12/2019

O sol brilhou durante toda a solenidade da 10ª edição do Prêmio Hugo Werneck, que aconteceu na noite da última segunda-feira, na beleza de cenário da Sala Minas Gerais, na capital mineira. Realizado pela Revista Ecológico e a Fiemg, a premiação teve como tema, este ano, “A Sustentabilidade no Sol: De Van Gogh à Energia Solar”. E reconheceu 17 projetos, autoridades e personalidades do mundo ambiental brasileiro, notadamente vindos dos estados do nordeste, por causa da temática e uso crescente da energia solar perante o desafio das mudanças climáticas.

A loucura e obra iluminada de Van Gogh, que via Deus na natureza revelada pelo sol, foram o fio condutor de toda a premiação, presidida pelo governador Romeu Zema.

Ao todo, foram 149 projetos inscritos ou indicados. Um trabalho árduo para a comissão julgadora escolher, dentre os finalistas, os 17 melhores exemplos de projetos e indicações de quem faz algo notável para a natureza do planeta e o desenvolvimento socioeconômico verdadeiramente amoroso e sustentável.

O final da premiação não poderia ter sido mais apoteótico e urgente. Acompanhada pelos 40 jovens cantores do Instituto “Árvore da Vida”, a lembrança de Clara Nunes “surgiu” guerreira na voz da cantora Aline Calixto, interpretando letras proféticas diante do cataclisma climático que se aproxima, fruto também da destruição em curso do que resta de natureza e vida na Terra. Pela ótica do aquecimento global, já estamos vivendo o juízo final? Ainda temos a chance de reverter e fazer que o sol continue a brilhar e que o amor à natureza sejam eternos novamente?

Foi o que mais se cantou, perguntou e mostrou ser possível, durante toda a cerimônia da mais amorosa e jornalista premiação ambiental do país. Conheça os seus vencedores, este ano:

Confira os grandes vencedores da noite:

Melhor Exemplo em Biodiversidade:
Projeto “Parque das Neblinas”
Instituto Ecofuturo (SP);

Melhor Exemplo em Educação Ambiental:
Projeto “Edukatu - Rede de Aprendizagem Para o Consumo Consciente”
Instituto Akatu;

Melhor Exemplo em Mobilização Social:
Projeto “Hortas Orgânicas com Economia de Água”
Centro de Educação Popular e Formação Social (CEPFS) - PB;

Destaque Legislativo:
Noraldino Lúcio Dias Júnior
Deputado Estadual de Minas Gerais;

Destaque Político:
José Fernando Aparecido de Oliveira
Prefeito de Conceição do Mato Dentro;

Melhor Exemplo em Resíduos Sólidos:
1) Projeto “Frutos da Reciclagem no Maior Hospital de Minas Gerais”
Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte;
2) Ysaac Júnior Gonçalves
Ambientalista Mirim;

Melhor Projeto de Parceiro Sustentável:
Projeto “Recuperação Ambiental do Ribeirão Santo Antônio do Grama”
Anglo American;

Melhor Empresa:
Polo Automotivo Jeep (PE)
FCA Fiat Chrysler Automóveis;

Melhor Empresário:
Edvaldo Lôpo de Alkmim
Fazenda e Laticínios Vista Alegre (MG);

Homenagem Ambientalista Histórico:
José Israel Vargas e Octávio Elísio Alves de Brito

Destaque Internacional:
Anna Luísa Beserra
Jovem Cientista e Ambientalista reconhecida pela ONU;

Melhor Exemplo em Energia Solar:
Projeto “Unileão Sustentável”
Centro Universitário Doutor Leão Sampaio (CE);

Homenagem especial:
Romeu Zema
Governador do Estado de Minas Gerais;

Personalidade do ano:
Cida Mendes
Atriz.

Acesse aqui as fotos da carimônia!


Sobre o prêmio:

O Prêmio Hugo Werneck de Sustentabilidade & Amor à Natureza foi criado em 2010, em homenagem ao ambientalista mineiro Hugo Werneck (1919-2008). Um dos precursores da consciência ecológica na América Latina (ele foi o fundador do Centro para a Conservação da Natureza e defensor da criação de importantes áreas verdes de Minas Gerais, como os parques Nacional da Serra do Cipó e Estadual do Rio Doce), Dr. Hugo acreditava que só o amor, a informação e a educação ambiental podem mudar a atitude do ser humano em relação ao meio ambiente e à natureza que nos resta.

Idealizado pela Revista Ecológico e pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), o prêmio tem como parceiros, além do Sistema Fiemg (Sesi-Senai), a participação do Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) e seus órgãos colegiados – IGAM, IEF e FEAM.


Postar comentário