Prêmio Hugo Werneck reconhece destaques ambientais nesta segunda-feira

Prêmio anual é idealizado pela Revista Ecológico, em parceria com empresas e setor público
Matheus Muratori - redacao@souecologico.com
Prêmio Hugo Werneck
Publicado em: 02/12/2019

Acontece na noite desta segunda-feira, a partir das 18h, a décima edição do Prêmio Hugo Werneck de Sustentabilidade & Amor à Natureza, na Sala Minas Gerais, no Bairro Barro Preto, na Região Sul de Belo Horizonte. Ao todo, 15 categorias farão parte do principal reconhecimento da área ambiental no Brasil. Você pode acompanhar a cobertura em tempo real do evento no Instagram e no Twitter da Revista Ecológico.

Na décima edição, terá como temática a energia solar, com o lema “a sustentabilidade no Sol – De Van Gogh à energia solar”. Além de garantir a sobrevivência das espécies animais e vegetais, 60% da energia do astro mais brilhante da Via Láctea que chega ao nosso planeta são responsáveis pelo aquecimento do ar, da água e da terra, alimentando o ciclo de chuva.

As plantas usam a energia solar para seu crescimento e para capturar gás carbônico e oxigênio, que forma o ar que respiramos. A incidência dos raios solares também vem sendo transformada, com êxito, em energia limpa, mais barata e que gera menos impacto ambiental por não ter combustíveis fósseis como matéria-prima.

Edição do Prêmio Hugo Werneck deste ano tem a energia solar como expoente (Foto: Revista Ecológico)
Edição deste ano do Prêmio Hugo Werneck tem a energia solar como expoente (Foto: Revista Ecológico)

Além de sua importância cultural – povos antigos consideravam o Sol o mais poderoso dos deuses -, ele é inspiração para grandes artistas, como o pintor holandês Vincent Van Gogh, cuja obra será homenageada na décima edição do Prêmio Hugo Werneck.

O Prêmio Hugo Werneck de Sustentabilidade & Amor à Natureza foi criado em 2010, em homenagem ao ambientalista mineiro Hugo Werneck (1919-2008). Um dos precursores da consciência ecológica na América Latina (ele foi o fundador do Centro para a Conservação da Natureza e defensor da criação de importantes áreas verdes de Minas Gerais, como os parques Nacional da Serra do Cipó e Estadual do Rio Doce), Dr. Hugo acreditava que só o amor, a informação e a educação ambiental podem mudar a atitude do ser humano em relação ao meio ambiente e à natureza que nos resta.

Idealizado pela Revista Ecológico e pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), o prêmio tem como parceiros, além do Sistema Fiemg (Sesi-Senai), a participação do Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) e seus órgãos colegiados – IGAM, IEF e FEAM.

E, a nível nacional, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). A supervisão técnica da Fundação Dom Cabral. A legitimação do Centro Hugo Werneck de Proteção à Natureza. O apoio da Associação Mineira de Defesa do Ambiente (Amda) e o engajamento da Fundação SOS Mata Atlântica.


Postar comentário