Quase 600 espécies de plantas foram extintas nos últimos 250 anos

Levantamento foi realizado pela Universidade de Estocolmo, na Suécia
Matheus Muratori - redacao@souecologico.com
Meio Ambiente
Publicado em: 12/06/2019

Um estudo realizado pela Universidade de Estocolmo, na Suécia, chegou à conclusão de que 571 espécies de plantas foram extintas no planeta Terra desde 1750. O número representa quase o dobro de todas as extinções de animais como anfíbios, aves e mamíferos, que somadas apresentam 271 espécies.

Oliveira de Santa Helena é uma das espécies extintas (Foto: Rebecca Cairns-Wicks/Universidade de Estocolmo)
Oliveira de Santa Helena é uma das espécies extintas (Foto: Rebecca Cairns-Wicks/Universidade de Estocolmo)

Os cientistas explicaram que essa diferença entre reino animal e plantae se dá pela imensa diversidade da flora, tendo em vista com o contexto da fauna. Levando para o campo da porcentagem, a situação é pior para mamíferos e aves: estima-se que 5% desses animais foram extintos, em comparação com 0,2% dos vegetais.

Os especialistas esperavam que o número de espécies de plantas extintas chegaria a 150. A constatação surpreendeu os pesquisadores, já que o resultado apresenta uma dizimação de quase 600 vegetais.

“A maioria das pessoas pode citar um mamífero ou ave que se tornaram extintas nos últimos séculos, mas poucos podem nomear uma planta que desapareceu”, afirmou Aelys Humphreys, professor do Departamento de Ecologia, Meio Ambiente e Ciências das Plantas da Universidade de Estocolmo e um dos autores do artigo.

“Com este estudo, pela primeira vez, temos uma visão geral de quais plantas já foram extintas, de onde elas desapareceram e com que rapidez isso está acontecendo”, completou.

Outra constatação dos cientistas também impressiona. Segundo o estudo, atualmente, a taxa de extinção de plantas é 500 vezes maior do que na era pré-revolução industrial.

Segundo os dados da Universidade de Estocolmo, o Havaí lidera o número de extinções de plantas (79). A ilha é seguida pela África do Sul (37). Austrália, Brasil, Índia e Madagascar também fazem parte das regiões do planeta com mais espécies dizimadas.


Postar comentário