"Rota das Dez Cachoeiras" aposta no turismo de base comunitária

Estratégia promove maior envolvimento das comunidades, por meio da prestação de serviços de qualidade
Da Redação / Ecológico - redacao@souecologico.com
Turismo
Publicado em: 09/07/2019

Um projeto do Instituto Estadual de Florestas (IEF) vem promovendo o desenvolvimento sustentável por meio da conexão das comunidades, turistas e visitantes. Trata-se da “Rota das Dez Cachoeiras”, que reúne atrativos, caminhos e serviços da região do Parque Estadual Serra do Intendente, localizado no município de Conceição do Mato Dentro. O trabalho é feito em parceria com a prefeitura municipal e também com as comunidades do entorno do parque, como Três Barras, Cubas, Tabuleiro, Parauninha, Candeias e Baú.

Evandro Rodney/Agência Minas
Evandro Rodney/Agência Minas

O turismo de base comunitária tem como principais componentes a promoção da conservação ambiental, valorização da identidade cultural e geração de benefícios diretos para as comunidades receptoras. Com essa referência, a “Rota das Dez Cachoeiras” é uma estratégia que possibilita o envolvimento das comunidades na prestação de serviços, como hospedagem, alimentação, condução de visitantes, comercialização de artesanatos e produtos locais.

Serviços como restaurantes, venda de lanches rápidos, camping, pousadas, hospedagem domiciliar, aluguel de imóvel, condutores de turismo, estacionamento e transporte (como taxi e vans) são cadastrados. Eles passam a fazer parte de uma lista oficial divulgada pela gerência do parque e pelo site da prefeitura, além do trabalho ‘boca a boca‘ realizado junto aos turistas que visitam a região.

“Esse cadastro proporciona uma melhor estruturação dos serviços prestados no entorno da unidade de conservação, garantindo ao turista que, ao percorrer a rota das dez cachoeiras, de bike, a pé ou a cavalo, possa saber onde poderá se hospedar ou se alimentar”, diz o gerente do parque, Marcos Alexandre dos Santos. Além disso, o projeto inclui também ações estruturais como a construção de banheiros, estacionamentos, melhoria das cozinhas e refeitórios das residências, mapeamento e sinalização completa das trilhas e do eixo principal das rotas.

A conclusão do Plano de Ação 2019 está previsto para setembro, quando será realizada uma caminhada inaugural pelas rotas que levam às cachoeiras. A comunidade também participa do processo por meio de reuniões para apresentação e aprovação do projeto, que é embasado em três premissas: identificar, cadastrar e fomentar os prestadores de serviço. O IEF trabalha agora com o planejamento de uma capacitação para os moradores do entorno, com objetivo de orientá-los para prestação de serviços essenciais e de melhor qualidade aos visitantes dos parques.

“Esse trabalho traz amplos benefícios para a sociedade como um todo, gerando renda para os moradores e estreitando as relações da comunidade com a natureza. Além disso, acreditamos que agregar a comunidade à gestão do parque gera comprometimento e pertencimento da comunidade, que passa a atuar também como fiscalizador”, diz o gerente.

Nos últimos dois anos, já foram cadastrados 60 prestadores de serviços, com 110 atividades.

Na região existem mais de dez cachoeiras e, ao longo do perímetro do parque, existem mais de 20 acessos. Oito guarda-parques trabalham, diariamente, auxiliando na proteção da natureza, na prevenção e combate aos incêndios florestais, além de darem todo o suporte no atendimento ao público que visita o parque.

A iniciativa, desenvolvida pelo IEF, também conta com apoio de associações comunitárias do entorno e de organizações não governamentais (ONGs) que atuam na região. Nos últimos dois anos, já foram cadastrados 60 prestadores de serviços, com 110 atividades.

Parque Estadual Serra do Intendente

Inserido nos distritos de Tabuleiro e Itacolomi, no município de Conceição do Mato Dentro, o parque abrange uma área de 13.508,83 hectares. A criação da unidade de conservação reforça o trabalho do Governo do Estado na proteção ao complexo do Espinhaço, reconhecido como Reserva da Biosfera em 2005, pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

O Parque Estadual Serra do Intendente, juntamente com o Parque Natural Municipal do Tabuleiro, Parque Nacional da Serra do Cipó e a Área de Proteção Ambiental (APA) do Morro da Pedreira, forma um corredor contínuo de unidades de conservação nas altas terras da Serra do Espinhaço.

A rota

A “Rota das Dez Cachoeiras” consiste em um percurso de 34 quilômetros, que poderão ser percorridos a pé, a cavalo ou de bicicleta e que será também sinalizado. O percurso também contempla comunidades do entorno das áreas protegidas Pesi e Parque Natural Municipal Tabuleiro (PNMT): Três Barras, Cubas, Tabuleiro, Parauninha, Candeias/Baú. O percurso da rota se dá em um caminho saindo da MG-010, em Três Barras, e segue contornando a porção Leste da Serra do Espinhaço, no município de Conceição do Mato Dentro, até a comunidade de Candeias/Baú.

O trajeto evidencia o grande potencial turístico da região, com unidades de conservação, presença de comunidades tradicionais, além das paisagens cênicas constituídas de uma rica biodiversidade. Clique aqui e veja os serviços oferecidos.

Fonte: Agência Minas


Postar comentário