Seriam essas bolinhas o fim para os copos plásticos?

Iniciativa foi um sucesso durante a Maratona de Londres
Matheus Muratori - redacao@souecologico.com
Meio Ambiente
Publicado em: 14/06/2019

Uma das cinco maiores corridas de rua de todo mundo, a Maratona de Londres deste ano evidenciou que uma invenção londrina pode dar fim aos copos plásticos, principalmente nesse tipo de evento esportivo. A empresa Skipping Rocks Lab desenvolveu uma espécie de cápsula-bolha biodegradável, compostável e comestível que contém líquido dentro e a disponibilizou para a corrida, realizada em 28 de abril.

Cápsulas-bolhas da Skipping Rocks Lab (Foto: Divulgação/Ooho!)
Cápsulas-bolhas da Skipping Rocks Lab (Foto: Divulgação/Ooho!)

A iniciativa com essas “bolinhas” foi um sucesso. Geralmente,em grandes corridas de ruas, copos plásticos com água são fornecidos aos maratonistas durante o trajeto. Eles os descartam no chão logo após se hidratarem.

Há uma limpeza providenciada pela organização depois das maratonas, mas a total eficácia é inevitável devido à quantidade de competidores (cerca de 40 mil inscritos na etapa deste ano da tradicional corrida de Londres). Vale lembrar que esse tipo de resíduo plástico pode demorar 200 anos para se decompor.

O produto tem nome: “Ooho!”. Essa cápsula está sob desenvolvimento desde 2014. Com o sucesso em uma das maiores maratonas do mundo, a empresa conseguiu um estande em uma das mais importantes etapas do circuito mundial de tênis.

O Grand Slam de Roland Garros, na França, realizado entre 20 de maio e 9 de junho Além de água, foi possível ingerir suco e outros tipos de bebidas por meio da bolinha ecológica.

Com o sucesso nesses grandes eventos, a expectativa é de que o produto, ou pelo menos uma iniciativa parecida, chegue em outras maratonas mundo afora. Na última segunda-feira (11), por exemplo, as bolhas Ooho! já foram utilizadas em uma corrida de rua de Portugal. Seria esse o fim para os copos plásticos?


Postar comentário