"Uso múltiplo sustentável" será discutido em Salvador no IV Congresso Brasileiro de Eucalipto

Evento acontece em 7 e 8 de agosto na sede da Fieb e marca o lançamento do Bahia Florestal 2019
Da Redação / Ecológico - redacao@souecologico.com
Meio Ambiente
Publicado em: 06/08/2019

"Uso múltiplo sustentável" é o tema central do IV Congresso Brasileiro de Eucalipto (IV CBE) que acontece em 7 e 8 de agosto na sede da Fieb, em Salvador (BA). O evento é uma realização da Associação Baiana das Empresas de Base Florestal (ABAF) e do Centro de Desenvolvimento do Agronegócio (Cedagro/ES). O objetivo principal é discutir e sugerir alternativas que removam os principais obstáculos ao desenvolvimento do setor de florestas plantadas, bem como mostrar os avanços tecnológicos e as novas exigências de mercado e de oportunidades de negócios. Destaque ainda, na abertura oficial do evento, para o lançamento do Bahia Florestal 2019, relatório que mostra um panorama completo da cadeia produtiva de base florestal no estado da Bahia (e com referências ao Brasil). O documento foi feito com a cooperação das empresas (e associações de produtores) associadas à ABAF e teve dados compilados pela STCP Engenharia de Projetos Ltda.

Divulgação/Fíbria
Divulgação/Fíbria

Na abertura oficial do congresso - 9h de 7/8 – estarão presentes diversas autoridades locais e nacionais, a exemplo do diretor geral do Serviço Florestal Brasileiro do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Sr. Valdir Colatto; do presidente da Câmara Setorial de Florestas Plantadas do MAPA, Sr. Walter Rezende; do senador Irajá Abreu (autor do Projeto de Lei de liberação de investimentos estrangeiros para o agronegócio); do presidente da Indústria Brasileira de Árvores (Ibá), Sr. Paulo Hartung; e do Secretário de Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura da Bahia (Seagri), Sr. Lucas Teixeira Costa. Também estarão presentes palestrantes, acadêmicos, diretores de empresas, entre outros participantes, de todo o Brasil.

O tema central do congresso está em sintonia com o trabalho que a ABAF vem desenvolvendo na Bahia. "Além de informar sobre importantes tópicos para a diversificação e sustentabilidade da atividade agropecuária, o objetivo da ABAF é estimular a produção e processamento da madeira plantada. A Bahia ainda não produz (e processa) a madeira plantada suficiente para atender a demanda do estado e muito disso se dá pela falta de conhecimento sobre o setor. Trabalhamos, inclusive, para a inclusão dos pequenos e médios produtores e processadores de madeira para uso múltiplo, visando o atendimento da demanda por móveis, peças e partes de madeira na Bahia - hoje atendida, na sua maior parte, por outros estados brasileiros", acrescenta Wilson Andrade, diretor executivo da ABAF. Este é um dos temas trabalhados pelo Programa Ambiente Florestal Sustentável (PAFS).

"O Congresso Brasileiro de Eucalipto é um dos mais importantes fóruns brasileiros de inovação tecnológica, atualização e intercâmbio técnico e empresarial que integra os agentes da cadeia produtiva da madeira, representados pelos segmentos de insumos, produção, logística, indústria, comercialização, exportação e pelas instituições de crédito, pesquisa, extensão, ensino, fomento entre outros", explica Gilmar Dadalto, presidente executivo do Cedagro.

Fonte: ABAF


Postar comentário