Vereadores fiscalizam intervenções em córregos da Vilarinho

Obras visam reduzir enchentes em um dos principais corredores do vetor norte de BH
Da redação* - redacao@souecologico.com
Urbanismo
Publicado em: 07/10/2019

Para acompanhar mais de perto as obras previstas para um dos corredores mais importantes da capital mineira, na região de Venda Nova, a Comissão Especial de Estudo de Enchentes na Vilarinho, da Câmara Municipal de Belo Horizonte, aprovou dois requerimentos. Na última sexta-feira (04/10), foi feito um pedido de informações à prefeitura sobre intervenções nos córregos da região e o agendamento de uma visita técnica nos locais mais críticos.

Os vereadores enviaram diferentes questionamento à PBH. Eles querem saber qual a atual situação das intervenções dos Córregos Lareira e Marimbondo e se atualmente já está sendo realizada alguma outra intervenção na bacia do Córrego Vilarinho.

Tendo em vista a solicitação de empréstimo, enviada à CMBH, no valor US$ 85 milhões de dólares – cerca de R$ 350 milhões – para custear as obras de enfrentamento das inundações da Av. Vilarinho, a Câmara requereu ainda informações detalhadas do projeto a ser executado.

Segundo a prefeitura, o empréstimo tem a finalidade de financiar a elaboração do projeto e a execução de obras para prevenir as frequentes inundações na Avenida Vilarinho e outros pontos de Venda Nova nos períodos de chuva, que já causaram muitos prejuízos materiais e até mesmo mortes.

Inundações são comuns na Avenida Vilarinho - Foto: Reprodução / Youtube
Inundações são comuns na Avenida Vilarinho - Foto: Reprodução / Youtube

Os vereadores também farão uma visita técnica aos Córregos do Marimbondo e Lareira, prevista para o dia 15 de outubro, às 14h. De acordo com a Câmara Municipal, foram convidados o superintendente da Sudecap, Henrique de Castilho Marques, e o coordenador da Regional Venda Nova, Humberto Pereira de Abreu.

* Com CMBH.


Postar comentário